Por Nayara Santos em 20.10.2023

Música para Loja de Roupa Feminina – Conheça as 3 regras antes de apertar o play!

Por Nayara Santos em 20.10.2023

Escolher a música para a loja de roupa feminina é uma tarefa complicada que você deve ter muito cuidado na hora de realizar. Do contrário, em vez de agradar seus clientes, você pode começar a ver os consumidores saindo rápido e de mãos vazias do seu estabelecimento. Por outro lado, quando feita de modo correto, você conseguirá aumentar as suas vendas e ainda fidelizar clientes.

Atualmente, é quase impossível entrar em uma loja em que não esteja tocando música, e isso não apenas em lojas de roupas femininas, mas em diversos estabelecimentos, como supermercados, farmácias e salões de beleza. Mas será que elas estão sendo eficazes? 

A utilização da música para influenciar o comportamento de consumo não é algo novo e deve estar incluída em uma estratégia de marketing. Mas, isso não significa que as músicas reproduzidas estão surtindo o efeito desejado e permitindo que o varejista consiga colher todos os benefícios desejados.

Portanto, antes de apertar o play em qualquer playlist, é preciso compreender melhor como a escolha da música deve ser feita. Por isso, confira como a música pode influenciar a sua loja e quais são as três regras básicas para escolher a música certa e ajude suas consumidoras a comprarem muito mais! 

Ah, e não deixe de conferir a nossa dica extra para ter a trilha sonora perfeita e melhorar a comunicação com os seus clientes. Boa leitura!

Influenciando a sua loja com a música

Primeiramente, é essencial que você saiba o poder que a música pode ter na sua loja. Como uma ação de marketing sensorial, os varejistas que a utilizam têm o intuito de melhorar a experiência de compras dos clientes, oferecendo um ambiente mais agradável.

Conforme estudo realizado, 36% dos consumidores dizem que música deve combinar com o perfil da marca; 28%, que ela deve refletir a preferência do cliente; e 17%, acreditam que as músicas reproduzidas na loja devem ser conhecidas.

Devido à capacidade que a música tem de influenciar os consumidores, ela consegue fazer muito mais do que isso. E, a melhor forma de te mostrar isso é com números, afinal, contra os fatos não há argumentos, não é mesmo?

Isso é o que acontece quando as músicas da trilha sonora são as corretas para a sua marca e o seu público-alvo:

  • Afeta a opinião do consumidor: marcas que reproduzem músicas seguindo a identidade da marca tem 96% mais chance de serem lembradas pelos consumidores;
  • Influencia o tempo de permanência: 35% dos consumidores passam mais tempo na loja porque gostam da música;
  • Estimula novas visitas: 31% dos clientes retornam para uma nova visita e 21% recomendaram o estabelecimento para amigos e familiares;
  • Mantém a sua equipe motivada: 49% dos funcionários percebem um aumento na produtividade; 56%, se dizem menos estressados durante a jornada e 38%, relataram uma melhor no relacionamento com os colegas;
  • Melhor as vendas: 14% dos clientes compram mais.

Outro ponto que a música ajuda a melhorar é a padronização da loja, essencial para marcas que possuem mais de uma unidade. Basta lembrar de todo o trabalho que você teve para garantir que a decoração das lojas fosse a mesma, mas e os cuidados com a trilha sonora, será que foram os mesmos?

A música ajuda a integrar outras estratégias de marketing, ajudando o cliente a ser transportado para o universo da sua marca. Sem falar que também promove o reconhecimento e trás a familiaridade para os consumidores que sempre compram com você, independentemente da unidade em que eles estiverem.

Portanto, prestar atenção ao tipo de música que você reproduz na loja de roupas femininas vai muito além da experiência de compras, podendo trazer resultados palpáveis. Afinal, quem não quer ter clientes fidelizados, que retornam para novas compras e ainda indicam o estabelecimento para outras pessoas?

Entretanto, não basta escolher uma trilha sonora qualquer, é preciso que cada música seja incluída com um propósito. Seja pensando no nível de energia que você quer dar ao estabelecimento, em agradar clientes em um determinado horário do dia, ou tornar alguma data comemorativa ainda mais especial utilizando playlists sazonais.


Cada detalhe importa na hora de se diferenciar da concorrência, e a música é a ferramenta certa para isso! Confira a seguir algumas regras importantes que você deverá seguir e ficar atento para conseguir encantar os clientes da sua loja de roupas femininas.

Regras de ouro antes de apertar o play

Agora que você já entendeu como a música é importante para a sua loja, vamos falar quais pontos você deve ficar atento antes de apertar o play. Aqui falaremos de algumas particularidades que esse ramo do varejo possui. Portanto, prepare-se para aprender como oferecer a melhor experiência musical para os seus clientes.

1. Saiba por que tocar músicas em loja de roupa feminina

A música faz muito mais do que apenas entreter as pessoas e você não precisa ser nenhum amante de música para compreender isso. Basta lembrar das festas e locais com música que você frequenta. Ou mesmo em casa, enquanto está fazendo alguma atividade, você coloca alguma música mais ou menos agitada para deixar o ambiente mais agradável.

No caso das lojas do varejo, a música ambiente tem o poder de estimular o subconsciente do consumidor (e de quem mais estiver no ambiente). A partir daí, todas as decisões dele podem ser influenciadas pela playlist reproduzida. Ou seja, você é quem o guiará em sua jornada de compra, já pensou o quanto isso pode mudar a experiência de compras e o faturamento da sua loja?

A relação da música com a compra ganhou força nos anos 2000 e já é uma tática com eficácia comprovada por especialistas. De modo geral, a música pode determinar se o seu público-alvo será atraído para o ponto de venda (PDV), quanto tempo ele ficará no local e quais serão as escolhas de compra que esse cliente fará.

E, quando falamos especificamente do público feminino, isso não é diferente. Porém, é preciso estar atento, porque ele pode ser muito mais exigente. Portanto, não basta tocar música, para obter sucesso, é preciso de planejamento e estratégia para alcançar os objetivos.

Quer conhecer todas formas que a música pode influenciar os clientes quando eles estão na sua loja? Então você precisa conhecer um material exclusivo que preparamos para você. É só fazer o download clicando aqui. Aproveite que ele é gratuito.

Divas da música

O imaginário feminino é, cada vez mais, permeado por ícones de mulheres poderosas. Afinal, que mulher não gosta de se sentir bem, não é mesmo? Portanto, se a sua marca quiser oferecer esse tipo de ambiente para as clientes, é fundamental montar a sua playlist com as divas da música, que estão fazendo muito sucesso e estão sempre em foco em todos os sites e redes sociais.

Essas divas podem incluir tanto cantoras nacionais como internacionais. Ainda, você pode escolher as cantoras de acordo com o seu público. Por exemplo, se for um público mais velho, então Madonna, Cher, Barbra Streisand, Elis Regina, Zizi Possi e Alcione podem estar presentes. Por outro lado, se a sua loja possui um público-alvo mais jovem, então você pode optar por Beyoncé, Katy Perry, Anitta, Ivete Sangalo e Claudia Leite.

Lembrando que, a escolha das artistas também deve refletir o estilo musical que mais combine com a sua marca e seu público. Afinal, de nada adianta incluir na playlist músicas da Elis Regina, se o seu público preferir rock. Neste caso é melhor você incluir algumas músicas da Rita Lee, por exemplo.

Desfiles de moda

A música na loja também pode estimular a memória das consumidoras remetendo aos desfiles de moda. Sua cliente não precisa ter essa vivência para relembrar do que já leu, viu na televisão ou nas redes sociais sobre esses grandes e imponentes eventos. 

Logo, você pode explorar isso e proporcionar à sua cliente a sensação de que as roupas que ela está vendo são a última tendência da moda. Assim, você leva para ela a sensação de alta moda, modernidade e estilo, tudo isso através da escolha de uma boa playlist. Esse “detalhe” pode fazer toda a diferença na mente de uma mulher que quer se sentir bonita e bem vestida.

Neste caso, para deixar o ambiente ainda mais imersivo, você pode caprichar na iluminação e na decoração da loja. Por exemplo, criar um provador como se fosse uma passarela, com espelhos e luzes diferenciadas, dando à cliente a possibilidade de observar o caimento da roupa por diferentes ângulos.

Inclusive, esse ambiente pode até mesmo ser um convite para que a cliente prove alguma roupa, mesmo que ela não tenha ido à loja com a intenção de comprar nada. Afinal, essa é uma experiência única e poderá ficar marcada na memória, fazendo com que ela retorne à loja no futuro.

Quer saber mais sobre como melhorar a experiência do cliente na sua loja? Então confira nosso material gratuito Experiência do cliente no varejo: como padronizar e encantar seus clientes.

2. Escolha quais músicas tocar em sua loja de roupa feminina

Não é fácil definir quais as músicas que tocarão nos seus pontos de vendas, certo? Mas, calma, vamos te explicar como construir a playlist ideal para o seu estabelecimento! O principal é fazê-lo a partir de um planejamento. 

Como você já deve ter percebido, o poder da música ambiente no consumo do seu público não deve ser minimizado. Portanto, dedique o tempo necessário para pensar a melhor forma de aplicar essa tática e, se necessário, conte com a ajuda de uma equipe especializada.

Isso porque, existem pontos essenciais que devem ser considerados quando você planeja a trilha sonora da sua loja. Entre eles estão o posicionamento da marca, as características da persona, as novidades do mercado e a relação do som com o momento de compra. A seguir, falaremos um pouco sobre cada um desses pontos.

Defina o posicionamento da loja

Qual imagem você deseja transmitir aos seus consumidores? As músicas para tocar em loja de roupa feminina devem carregar o posicionamento da marca, ou seja, precisam transmitir aquilo que está na essência e no DNA da marca.

Desta forma, não apenas você conseguirá reforçar o posicionamento da sua marca, mas também facilitará o reconhecimento do cliente. Esse ponto tem sido cada vez mais importante no varejo, já que os consumidores estão constantemente em busca de marcas com as quais eles dividem não apenas uma relação de compra e venda, mas com as quais eles se identificam. E, a música pode ser uma forma de agilizar e facilitar esse reconhecimento.

As trilhas calmas e românticas, por exemplo, podem ir totalmente contra a disposição e o ânimo incentivado por uma loja de roupas esportivas. Por outro lado, uma trilha sonora com jazz pode não representar uma marca que venda roupas da última moda.

Portanto, se ainda não fez isso, antes de escolher a música para a sua loja de roupas feminina, defina a identidade da sua marca. Só não esqueça que ela deve estar perfeitamente sincronizada com a próxima regra.

Conheça o seu público-alvo a fundo

Tudo bem, você trabalha com roupas femininas, mas quais mulheres você quer alcançar? As donas de casa? Empresárias? Esportistas? Aventureiras? São tantos os perfis que, se você não souber exatamente quem é o seu público-alvo, vai ficar perdido – e não apenas na escolha da música.

Além disso, antes de escolher as músicas para tocar na loja de roupa feminina, você também precisa esquecer o seu gosto pessoal e conhecer a fundo as suas compradoras. Informações como idade, profissão e região onde moram são sempre relevantes, mas pode não ser suficiente para preparar a playlist certa. Para conseguir entender o gosto delas a fundo é preciso considerar:

  • A personalidade;
  • O modo de agir;
  • O que amam;
  • O que detestam;
  • O estilo que seguem;
  • Os shows que frequentam;
  • Os hobbies;
  • A família;
  • As prioridades, dentre outros.

Todos esses fatores podem revelar o gosto musical da sua clientela e, assim, te ajudar a escolher as melhores músicas ambiente para o seu negócio. Para conseguir isso, vale a pena fazer pesquisas e definir personas, ou seja, representações semi-fictícias para essas consumidoras. Usar essa estratégia é indicado, pois as personas dizem muito sobre o perfil comportamental do seu cliente ideal.

Vale a pena mencionar que, esse conhecimento detalhado vai te ajudar não apenas na hora de escolher a música para loja de roupas feminina, mas também em qualquer outra campanha de marketing que você fizer. Afinal, quanto melhor você conhecer as suas clientes, mais certeiras serão as campanhas.

Entenda a relação de músicas e ocasiões

Após definir como a sua marca quer se posicionar para seu público, e quem exatamente é a sua consumidora, é hora dos detalhes. E um deles relaciona a playlist ao momento. Claro que você não vai errar, a partir do momento que escolher músicas que combinem com sua persona. Mas, se conseguir ter uma trilha sonora ideal para cada momento, esse será aquele diferencial que você tanto procura e que te ajuda a relacionar o som ouvido, com a data?

Músicas românticas no mês dos Namorados, letras emocionantes próximo ao Dia das Mães, hit mais empolgantes às vésperas do Dia da Mulher. Esses são apenas alguns exemplos de como a playlist pode colocar sua persona no clima da data de consumo, influenciando-a na compra.

Outro ponto fundamental ao qual você deve ficar atento são os ritmos das músicas. Por exemplo, músicas mais agitadas, tendem a acelerar as compras, já as mais lentas, fazem com que a cliente reduza o ritmo. Sabendo disso, você pode utilizar os níveis de energia das músicas para influenciar o comportamento das consumidoras.

Desta forma, você pode colocar uma música mais agitada para os momentos em que a loja estiver mais cheia, ou mesmo no final do dia. Já as músicas com um menor nível de energia, podem ficar reservadas para os momentos de menor movimento ou para as primeiras horas do dia.

Busque novidades

Ficar de olho nas novidades é algo que você provavelmente já faz. Afinal, é preciso conhecer as tendências para a estação, adquirir ou confeccionar os produtos certos e aproveitar cada oportunidade para aumentar as vendas. Mas, e com relação à música, será que é preciso ter essa preocupação também?

Sim, também é importante manter a sua playlist atualizada. Para isso, o ideal é acompanhar o que suas consumidoras estão postando no Facebook ou curtindo no Instagram, por exemplo, podem dar indícios de quais são as novas tendências, para que você adapte a sua listagem musical.

Por mais que você tenha um público mais velho e que a sua marca também tenha uma identidade mais clássica, provavelmente ela ainda apresenta novidades e a música reproduzida na loja deve refletir isso. Mesmo porque, as chamadas “músicas clássicas”, aquelas que envelhecem bem e que todo mundo continua gostando, são bem diferentes das músicas da moda.

Um bom exemplo disso é a Levi ’s que, apesar de não ser uma loja de roupas exclusivamente femininas, possui essa identidade mais clássica, mas, ao mesmo tempo, focada nas tendências do mercado. Através de uma playlist personalizada criada pelo time de especialistas da Listenx, ela conseguiu reforçar essa personalidade e conquistar os clientes. Confira todos os detalhes desse case de sucesso aqui.

3. Conheça os cuidados necessários para implementar a música na sua loja

Se preocupar com tudo que pode dar errado em sua estratégia, faz parte desse processo de planejamento e do seu sucesso. Por isso, um bom profissional antecipa problemas, para evitar falhas e garantir que a música escolhida para a loja de roupa feminina seja eficaz em seus objetivos.

Esse é o seu papel como gestor do varejo. Então, saiba quais são alguns dos principais erros na hora de aplicar a estratégia de som ambiente em uma loja e evite-os!

Impeça que qualquer pessoa altere a playlist

Você não pensou todos os detalhes de cada música escolhida, para que um funcionário desavisado troque a faixa a ser tocada, substituindo-a por músicas que agradam aos seu gosto pessoal, não é mesmo? Para evitar que isso aconteça, alguns cuidados são necessários.

Primeiramente, é fundamental que os colaboradores conheçam e entendam a importância dessa ferramenta de marketing e saibam porque aquelas músicas foram escolhidas para a trilha sonora da loja de roupas feminina.

Segundo, por mais que todos entendam a importância, isso não significa que alguém não vai querer trocar a música. Por isso, para garantir que ninguém vai entrar no sistema e trocar a música, você pode ter um software que impeça que pessoas não autorizadas previamente mudem a playlist. 

Assim, na hora de escolher um software, certifique-se de que é possível escolher diferentes perfis para os vendedores, com as devidas autorizações.

Atente-se às letras das músicas

Outro erro que pode ser fatal é não se atentar às letras das músicas. Pode parecer algo simples, mas estamos falando de influenciar o subconsciente da sua consumidora, e qualquer pormenor faz diferença. Sem falar que, esse cuidado extra por ser o diferencial que você tanto procurava, principalmente para as clientes mais atentas.

Portanto, evite músicas com palavrões, ou com mensagens agressivas e negativas. Lembre-se sempre que a sensação que vai ser causada é essencial para a experiência final. Isso vale também para músicas com letras em outros idiomas, principalmente em inglês, já que muitas pessoas falam ou conhecem algumas palavras em outros idiomas.

Tenha cuidado com o volume

Você sabia que o volume importa — e muito? Isso porque, se por um lado, as músicas muito altas podem irritar as pessoas e dificultar a conversa entre ela e a vendedora. Por outro lado, sons baixíssimos, nem serão ouvidos e sua tática falhará. 

Por isso, uma solução que se mostra bastante eficiente é controlar o volume, conforme o horário. A dica é começar o dia com sons um pouco mais baixos, ir aumentando conforme a sua consumidora já está em um momento mais ativo do dia e finalizar, novamente, com a playlist em volume decrescente.

Também é essencial ficar atento aos diferentes pontos da loja, já que na entrada da loja pode ser necessário ter um volume mais alto, para que a estratégia não seja atrapalhada pelos sons externos. Já nos provedores, o volume pode ser mais baixo, afinal, com menos interferência de outros sons, a música ficará mais perceptível para as clientes.

Mantenha um padrão

Se você possui diversas lojas da mesma marca, é muito importante que todas elas sejam padronizadas com as playlists que marcam a identidade dela. Neste caso, o mais importante é que a estratégia seja aplicada em todas as unidades e siga a mesma lógica. Ou seja, tenham o mesmo nível de energia e as mesmas músicas.

Desta forma, a consumidora consegue identificar a sua marca assim que entra na loja, independentemente da unidade em que ela for comprar. Com a música padronizada, a cliente consegue identificar a boa sensação transmitida, em qualquer das lojas em que ingressar. Assim, também possibilita que a consumidora crie uma visão de que você possui uma empresa organizada e de qualidade.

Não utilize rádios convencionais

Utilizar rádios convencionais pode parecer uma solução bastante prática para ter música na loja de roupas femininas. Afinal, você não precisa dedicar tempo escolhendo músicas específicas ou organizando uma playlist de qualidade, basta sintonizar em uma rádio.

Porém, pensar dessa forma pode te trazer mais prejuízo do que benefícios. Isso porque a imprevisibilidade dessa mídia pode comprometer sua estratégia. Mesmo que o público da emissora seja parecido com o seu, apenas você pode saber exatamente do que gosta a sua consumidora. E, em algum momento da programação musical da rádio, alguma música que não combine com a sua marca ou o seu público pode ser reproduzida.

Outro grande problema desta escolha é que você corre o risco de tocar anúncios de concorrentes dentro do seu estabelecimento. Imagine, uma cliente desistir da compra porque ouviu uma oferta mais atraente da concorrência? 

Não abra mão de um serviço de qualidade: faça a sua rádio indoor com a Listenx

Ao longo deste artigo você entendeu a importância que deve ser dada à música ambiente na sua loja. A melhor forma de fazer isso é estar no controle da sua própria rádio, assim, você pode fazer todas as personalizações e mudanças na programação musical para atender às necessidades do seu negócio.

Inclusive, essa é a melhor forma de acertar na música reproduzida na loja, sem precisar renunciar às horas dedicadas ao planejamento de estratégias e ações, ou administrando a empresa. Por isso, a Listenx, uma ferramenta de marketing completa que ajuda os negócios a venderem mais e a impulsionarem os resultados através da música e da comunicação, pode te ajudar!

Ela conta com um time de especialistas em música para negócios responsável por preparar diversas playlists. Com a Listenx você terá acesso a mais de 100 playlists com os mais diferentes ritmos, níveis de energia e estilos musicais. Ou seja, você poderá escolher aquela que melhor representa a sua marca, e agrada aos seus clientes.

Esse time também poderá te ajudar caso você queira uma playlist personalizada para a sua marca. Por meio de estudos da marca você terá uma identidade sonora de acordo com o posicionamento desejado, considerando o gosto do público-alvo. 

Mas, as vantagens da Listenx não páram por aí. Você também conseguirá incluir anúncios na sua rádio. Tantos os pré-gravados, que já estão incluídos no serviço da rádio, como a possibilidade de incluir anúncios personalizados.

Basta preparar o texto do spot a ser incluído na programação, gravá-lo com o auxílio do locutor virtual e imediatamente reproduzi-lo. Assim você não precisa mais ficar esperando para ter as suas ofertas divulgadas, tendo mais liberdade para fazer promoções relâmpagos e se comunicar com o consumidor de forma rápida e prática.

Confira a seguir como solicitar o seu teste gratuito!

Tenha a playlist ideal para melhorar o ambiente de compra e aumentar seus resultados

A música certa tem o poder de aumentar o tempo de permanência na loja, a fidelização dos seus clientes e consequentemente potencializar as suas vendas.

Com a Listenplay você terá acesso a diversas playlists criadas por especialistas em música para negócios, atualizadas mensalmente e livre de repetições, criando o ambiente perfeito de compra. 

Além disso, te ajuda a divulgar suas promoções no momento certo e em tempo real. Tenha anúncios instantâneos, locutores profissionais e virtuais e assistente de Inteligência Artificial para criar suas campanhas.

Aproveite o nosso período de teste grátis para melhorar a experiência dos seus clientes e divulgar todas as suas promoções no som ambiente do seu negócio, enquanto os clientes estão dentro da sua loja, com o produto na prateleira e o cartão no bolso.

Teste grátis agora mesmo a Listenplay e ofereça o ambiente de compra perfeito para os seus clientes!

Compartilhe

Você também pode gostar

Como funciona a rádio online? Veja se é a melhor opção

As rádios online revolucionaram o modo como as pessoas escutam as suas músicas preferidas. Mas, essa revolução chegou também às empresas do varejo que utilizam esse recurso para oferecer ao cliente um ambiente de compras diferenciado.  Com o passar do tempo, a rádio online passou a ser uma ferramenta essencial na vida das pessoas e…

Por Nayara Santos em 24.01.2024

Regionalismo e music branding: entenda a relação entre eles

Em um país tão grande quanto o Brasil, seria ingenuidade pensar que não haveria diferenças musicais entre as regiões. Inclusive, você já deve ter percebido que alguns gêneros musicais são mais populares que outros dependendo da localidade. Mas, o que isso tem a ver com o varejo? Tudo! A música é capaz de conectar o…

Por Nayara Santos em 14.12.2023

Como a música pode influenciar na sua loja de cosméticos

Você sabia que a música pode te ajudar a aumentar as vendas e a conquistar clientes? Isso sem falar que ainda pode influenciar a conexão entre a sua marca e os seus clientes? Melhor do que isso, te ajudar a criar um ambiente de compras diferenciado no qual os consumidores gostam de passar o tempo…

Por Nayara Santos em 02.01.2024

Guia completo de como montar uma playlist perfeita para atrair clientes

A música tem um poder surpreendente de nos fazer lembrar de acontecimentos, tornar o ambiente mais agradável e até mesmo mudar o nosso humor. Com o varejo acontece a mesma coisa, por isso, ter a playlist perfeita pode te ajudar a atrair clientes e a aumentar as vendas. Entretanto, escolher as músicas certas para a…

Por Nayara Santos em 12.04.2022

O que considerar na terceirização de serviços de rádio? Veja aqui!

Você já ouviu falar em música para negócios? Sabe do que se trata e como ela pode ajudar a sua empresa a se destacar da concorrência? Ou como a música pode traduzir a essência da sua marca e comunicá-la aos consumidores? Sim, a música é capaz de fazer tudo isso e ainda aumentar as suas…

Por Nayara Santos em 24.01.2024

Qual a importância da programação musical?

Você sabia que a programação musical do seu estabelecimento comercial pode ser de suma importância para atrair e manter clientes? A trilha sonora ajuda a definir a atmosfera da loja, a identidade da própria marca e a se conectar com os clientes. Ou seja, ela pode ser a sua melhor aliada. Mas, para isso, não…

Por Nayara Santos em 13.12.2023

Guia Completo sobre Audio Branding: Saiba como aplicá-lo na sua empresa

A música tem um papel fundamental em muitas culturas pelo mundo, bem como é um dos elementos mais importantes em muitas celebrações. Então, porque não torná-la também uma peça essencial na sua loja e para a sua marca? Esse é justamente o papel do audio branding. Ainda não conhece em detalhes o audio branding, não…

Por Nayara Santos em 12.04.2022

O que é Music Branding? Como usar para sua loja?

Antes de falarmos de Music Branding é preciso entender um pouco mais sobre o Marketing Sensorial, que nada mais é do que táticas de marketing que visam ativar os 5 sentidos do consumidor para despertar emoções e gerar conexão com uma marca. O modo como compramos está mudando, as pessoas estão cada vez mais em busca…

Por Nayara Santos em 27.07.2017

Rádio para loja de roupas: entenda como funciona!

A chave para o sucesso de vendas e para a fidelização do público é a mesma em qualquer segmento: a experiência do cliente. Você já deve saber o quanto isso é essencial, mas será que conhece os melhores meios para chegar lá? Por exemplo, com o uso de uma rádio para loja de roupas? Esse…

Por Nayara Santos em 21.07.2020

Receba nossos conteúdos exclusivos