Como Organizar uma Loja de Roupas e Evitar Erros Graves

Como Organizar uma Loja de Roupas e Evitar Erros Graves

Para algumas pessoas, manter um guarda-roupa arrumado é complicado. Imagine então como organizar uma loja de roupas. Com clientes indo e vindo, olhando as araras e experimentando diversas peças, a bagunça pode ser constante. A desordem, porém, pode afastar muitos consumidores e definitivamente não deve acontecer.
É por esses motivos que você, lojista, precisa ficar atento aos erros de organização, a fim de corrigi-los e conquistar resultados ainda melhores. Confira algumas dicas que fazem a diferença!

Crie vitrines com propósitos

Para causar uma boa impressão, as roupas de um comércio precisam estar sempre bem arrumadas. Mas, antes disso, há outra importante orientação de como organizar uma loja de roupas: capriche ao máximo na vitrine.
Ela deve ser montada com a estratégia de vender aquilo que você deseja, sempre considerando os feriados e as datas promocionais. Além disso, existem dicas que podem te ajudar a não cometer erros graves, como:

  • nunca expor na vitrine uma peça esgotada;
  • dar prioridade às tendências;
  • marcar as trocas de estações, com uma vitrine para o inverno, outono, primavera e verão;
  • colocar preço em todas as peças expostas.

Facilite o percurso dos clientes

Essa é outra importante sugestão de como organizar uma loja de roupas. Afinal, deixar objetos obstruindo o caminho dos consumidores é a melhor forma de incentivá-los a desistir da compra, algo que nenhum lojista deseja.
Portanto, tenha muita atenção com o layout do estabelecimento e lembre-se que o cliente precisa de espaço tanto para circular quanto para analisar com tranquilidade as peças.

Distraia e divirta o consumidor

Entretenimento. Essa é a chave para manter as pessoas por mais tempo em um estabelecimento. Quando se distraem, os clientes se sentem bem, mais confortáveis e até esquecem dos compromissos. Então, porque não levar isso para a sua loja?
Usando a modernidade a favor do seu negócio é possível entreter seus clientes sem que eles percebam.E o melhor é que você pode fazer isso sem tirar o foco dos seus produtos. Basta escolher a música certa.
Isso mesmo, essa poderosa arte tem sido usada como estratégia de marketing sensorial e tem conquistado ótimos resultados. Ela consegue:

  • influenciar o comportamento dos clientes;
  • aumenta o tempo de permanência deles na loja;
  • amplia as vendas.

Mas tenha cuidado. É preciso escolher a música certa!

Embora usar música ambiente dê excelentes resultados, é importante saber como fazer isso. Estudos mostram que a escolha da trilha sonora errada pode fazer 44% do público sair da loja. Já com a música certa, 35% deles tendem a ficar mais tempo.
Diante disso, se deseja levar essas estatísticas para dentro do seu comércio, a dica é fazer o teste gratuito da ListenPlay. Esse é um serviço de músicas ambientes que pode ser testado em seu estabelecimento a partir dos próximos cinco minutos.
Coloque em prática todas essas dicas de como organizar uma loja de roupas e note uma grande melhora em seus resultados!

2 Comentários


    1. Olá Maria, tudo bem?

      O primeiro passo é identificar o público da sua loja. Eles são jovens? Mulheres? Qual é o estilo deles? Com isso você consegue definir o melhor gênero para tocar na sua loja. Mas Maria, esse é só o primeiro passo, a música tem uma grande importante na decisão de compra das pessoas.

      O que você acha de conhecer o Atmosfera? Com o Atmosfera, você tem acesso a mais de 60 playlists criadas por profissionais de música para negócios, focadas nos consumidores de sua loja. Experimente nosso serviço por 10 dia GRÁTIS, é só acessar https://radioatmosfera.com.br/#trial.

      Abraços

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *